quinta-feira, 30 de abril de 2015

Contando minhas novidades, falando sobre solidariedade, confiando mais em Deus!

Oi gente! Depois de dois meses longe, já era hora de atualizar o blog. Tenho algumas coisas para contar! Fechei fevereiro, totalmente para baixo. Eu ainda estava super deprimida e etc. No dia 6 de março, teve um evento no Braille por causa do dia da mulher, e eu fui né. Precisava variar os cheiros que percorriam minhas narinas, e também precisava falar com pessoas diferentes dos daqui. Antes, passei no shopping Vitória, e na biblioteca pública, e assim que cheguei no Braille, conversei um pouco com algumas pessoas, e o evento começou as 14:00, com um breve discurso da Beth. Depois a dona Marlene recitou uma poesia, e depois a Marisa disse algumas palavras. Depois todas as mulheres ganharam um presente, e eu ganhei 3 pulseiras, adorei! Depois, foi a hora do lanche, e deu pra conversar um pouco com a Alice que havia chegado nesta mesma hora. No refeitório, eu vi a Edith, o Glauco, o Guilherme e o Gustavo, que está enorme e muito fofinho! Na hora de comer o lanche, aquelas mãozinhas cheias de vida queriam ficar colocando o dedinho no bolo, mais não dava né, afinal de contas, ele nem havia começado com as papinhas ainda! Depois a Marisa sorteou algumas rosas vermelhas que haviam por ali, e por azar não ganhei nenhuma. Bem que eu queria, pois eu adoro as flores, principalmente as rosas! Depois nós fomos para a parte externa da instituição, e eu fiquei um super tempo com o bebê no colo! A última vez que eu o havia visto, ele ainda era tão pequenininho. Nós conversamos muito, e depois a Edith acabou me convidando para ir ao shopping com ela, Glauco, as crianças e a Neusimar. Resolvi ir, e assim que chegamos lá, conversamos muito sobre várias coisas que estavam aconteceram comigo, e eles me disseram algumas coisas, que me fizeram pensar um pouco. Depois nós fomos para uma das lanchonetes da praça de alimentação do primeiro piso, e eu comi uma esfirra de frango, e bebi um cappuccino com muito creme. Conversamos muito, e até que deu para sorrir um pouquinho com as palhaçadas que o Glauco contava! Estava precisando mesmo de rir! O garçom que nos atendeu foi super simpático conosco, e também nos fez rirmos muito. Deixamos o shopping quando já passavam de 18:00, e milagre que ninguém ligou pra perguntar onde eu estava, quando voltava e etc. Eles ficaram no ponto de ônibus comigo, e me convidaram para ir para sua casa na semana seguinte. Meu ônibus demorou um super tempo para passar, e assim que entrei lá dentro, liguei pra casa pra avisar que estava chegando. Tinha que ligar né, senão ouviria um monte, e não seria nada legal isso. Assim que cheguei em casa, liguei o note, e graças a Deus a internet havia voltado! Dei graças a Deus por isso! Fiquei um super tempo no skype, mas também não deixei de estudar para o Enem. Não dá para ficar sem estudar um dia que seja. Na quarta-feira, dia 11, eu fui para a casa da Edith. Precisava sair um pouco daqui. Chegando lá, conheci sua vizinha Rose, e seu filho Victor. Depois nós comemos muito, e fomos dormir quando já eram quase 22:00. Nos dias seguintes, conversamos sobre algumas coisas, e na sexta, deu até para fazer arroz. Eu nem me lembrava mais como era, e foi bom relembrar. Me senti útil. No domingo, nós fomos para a escola dominical da igreja que ela frequenta, e foi muito bom estar na igreja mais uma vez. Aquilo já me fazia uma falta absurda. É sempre maravilhoso estar na casa do Senhor! Lá, conheci várias pessoas, dentre elas a Laura, que tem baixa visão, e sua filha Giulia. A aula foi maravilhosa, e foi dada pelo Adriano. Ele explicou várias coisas, e eu também falei bastante. Quando eram 9:30, começou o culto da manhã, que também foi muito bom, e o Adriano tocou violão. Quando o culto terminou, a Laura nos convidou para ir lanchar na casa dela. Voltamos para a casa da Edith, e depois de comermos bastante, lá pra umas 16:00, nós fomos até a casa da Laura, que é lá perto. Chegamos lá super rápido, e lá deu para conhecer seu marido, e sua filha mais velha, Clara. Depois nós fomos comer, e uma coisa eu falo, ela cozinha super bem! Ela fez umas rosquinhas, com muito açúcar, e ficaram perfeitas! Ela me disse que é confeiteira! Depois de conversarmos sobre vários assuntos, voltamos para a casa da Edith, e nem fomos ao culto da noite. Voltei para casa na segunda, e pude contar com a ajuda de uma senhora que foi super simpática, e ela me ajudou a pegar meu ônibus naquele terminal, que estava lotado de pessoas, mas poucas delas realmente me notaram, e me ofereceram ajuda. Já que falei sobre isso aqui, eu faço uma ressalva. Durante minhas andanças pelas ruas e avenidas de Vitória, ou dos municípios adjacentes, tenho notado que as pessoas estão mais sensibilizadas, e estão sim prontas a nos ajudarem. Mas também existem é claro, aquelas que nos ouvem pedindo ajuda, e nem são capazes de se manifestar. As vezes é por puro preconceito, mas outras vezes, é por não saberem como nos ajudar, se podem nos ajudar. E vamos comentar vai, tem muito dv que é mal-educado, e trata aqueles (as) que nos oferecem ajuda com rispidez. Nunca fiz isso. Primeiro, por me colocar no lugar do outro. Segundo porquê tenho educação. Terceiro, porquê eu dependo dos outros, então por quê que eu vou ficar dando uma de super mulher, recusando a ajuda que me oferecem? Não dá gente! Eu tenho sim que ser grata por cada um que Deus coloca no meu caminho pra me ajudar. Seja esta ajuda grande ou pequena. Não importa. A minha obrigação como dv, é ser educada, e agradecer sim, não só a Deus, mas a este (a) que me oferece ajuda. Muitas vezes, estas pessoas modificam seu trajeto, só para me atravessar em uma avenida, ou para olhar um ônibus para mim. Não tem como ser ajudada, e deixar de ser grata. Muitas vezes, eu fui deixada fora do ponto por alguns motoristas, e foram estas pessoas, que Deus colocou em meu caminho, que me ajudaram a tomar a direção correta, e grande maioria das vezes, estas mesmas me acompanharam até meu destino. Com algumas delas, mantive uma conversa super agradável. Já outras, não falavam quase nada, e eu ia seguindo seu exemplo. De algumas delas, me lembro seus nomes, mas de grande maioria, não perguntei. Mas a todos estes que me ajudaram, saiba que vocês estão em meu coração e em minhas orações. Eles sabem quem são. Nos meus outros dias, ando estudando muito. Coloquei no meu coração que este ano eu vou ir bem sim no Enem. Também tenho conversado muito com meus amigos, que tem me dado forças para enfrentar os momentos bons e ruins que estou vivendo. Não preciso citar nomes aqui, pois todos eles sabem quem são, e sabem o quanto eles significam para mim. Na última terça, fui retocar a raíz do meu cabelo, e agora ele está lindo! Está crescendo, e isso me deixa muito animada! Nos últimos dias, estou vivendo algumas coisas no âmbito familiar, que tem me deixado muito desconcertada em grande maioria das vezes. Não posso nem pensar em citar isso aqui neste blog público, mas eu digo que quando as coisas acontecem, eu me sinto perdida, sem saber o que fazer, se é que dá para se fazer algo. Mas eu estou aprendendo, a confiar tudo isso aos pés do Senhor. E eu sei, que por mais que pareça que tudo vai demorar a se resolver, isso acontecerá, mas não no meu tempo, e sim no tempo que o Senhor determinou. Tenho lido bastante a Bíblia, e na palavra de Deus tenho encontrado conforto ao meu coração. Quando a tempestade vem querendo me afogar. Quando as lágrimas parecem nunca acabar, quando o caminho parece estar cheio de espinhos, eu coloco tudo isso nas mãos de Deus, que é o único que tem o poder de modificar toda esta situação. Na tua palavra diz que ele não é homem que minta, nem filho do homem para que se arrependa. Eu creio nisso! Por isso eu digo a você que lê este blog, que por mais que seus dias pareçam estarem negros, por mais que tudo pareça conspirar contra ti, entregue todos os teus problemas nas mãos de Deus! Você não nasceu para sofrer, hoje meu Deus vai te fazer feliz! Não vou mentir, e dizer que tudo por aqui anda as mil maravilhas, porquê não anda, mas agora deixei de me desesperar, ou pelo menos estou tentando não fazer isso em grande maioria do tempo. Estou colocando tudo aos pés do Senhor, crendo e confiando que ele fará o melhor para mim! E eu vou esperar, não importando com o tempo que leve. Sei que a minha vitória vai chegar, e que lá do alto, eu contemplarei tudo aquilo que quis tentar me derrubar. Lá em cima, vou sorrir, e agradecer a ele por ter me levantado quando eu estava no chão. Bom galera, depois deste post super atualizado, vou me despedindo de vocês, e vou aproveitar para ficar bem enrolada, pois o frio está dando as caras por aqui! Logo abaixo, deixarei alguns versículos que falam ao meu coração! Espero que também falem aos seus! Grande beijo, e logo mais eu volto para falar sobre livros! SALMOS CAPÍTULO 91 1 Aquele que habita no esconderijo do Altíssimo, à sombra do Onipotente descansará. 2 Direi do SENHOR: Ele é o meu Deus, o meu refúgio, a minha fortaleza, e nele confiarei. 3 Porque ele te livrará do laço do passarinheiro e da peste perniciosa. 4 Ele te cobrirá com as suas penas, e debaixo das suas asas estarás seguro; a sua verdade é escudo e broquel. 5 Não temerás espanto noturno, nem seta que voe de dia, 6 nem peste que ande na escuridão, nem mortandade que assole ao meio-dia. 7 Mil cairão ao teu lado, e dez mil, à tua direita, mas tu não serás atingido. 8 Somente com os teus olhos olharás e verás a recompensa dos ímpios. 9 Porque tu, ó SENHOR, és o meu refúgio! O Altíssimo é a tua habitação. 10 Nenhum mal te sucederá, nem praga alguma chegará à tua tenda. 11 Porque aos seus anjos dará ordem a teu respeito, para te guardarem em todos os teus caminhos. 12 Eles te sustentarão nas suas mãos, para que não tropeces com o teu pé em pedra. 13 Pisarás o leão e a áspide; calcarás aos pés o filho do leão e a serpente. 14 Pois que tão encarecidamente me amou, também eu o livrarei; pô-lo-ei num alto retiro, porque conheceu o meu nome. 15 Ele me invocará, e eu lhe responderei; estarei com ele na angústia; livrá-lo-ei e o glorificarei. 16 Dar-lhe-ei abundância de dias e lhe mostrarei a minha salvação. SALMOS CAPÍTULO 121 1 Elevo os olhos para os montes: de onde me virá o socorro? 2 O meu socorro vem do SENHOR, que fez o céu e a terra. 3 Não deixará vacilar o teu pé; aquele que te guarda não tosquenejará. 4 Eis que não tosquenejará nem dormirá o guarda de Israel. 5 O SENHOR é quem te guarda; o SENHOR é a tua sombra à tua direita. 6 O sol não te molestará de dia, nem a lua, de noite. 7 O SENHOR te guardará de todo mal; ele guardará a tua alma. 8 O SENHOR guardará a tua entrada e a tua saída, desde agora e para sempre. SALMOS CAPÍTULO 138 1 Eu te louvarei, SENHOR, de todo o meu coração; na presença dos deuses a ti cantarei louvores. 2 Inclinar-me-ei para o teu santo templo e louvarei o teu nome, pela tua benignidade e pela sua verdade; pois engrandeceste a tua palavra acima de todo o teu nome. 3 No dia em que eu clamei, me escutaste; alentaste-me, fortalecendo a minha alma. 4 Todos os reis da terra te louvarão, ó SENHOR, quando ouvirem as palavras da tua boca; 5 e cantarão os caminhos do SENHOR, pois grande é a glória do SENHOR. 6 Ainda que o SENHOR é excelso, atenta para o humilde; mas ao soberbo, conhece-o de longe. 7 Andando eu no meio da angústia, tu me revivificarás; estenderás a mão contra a ira dos meus inimigos, e a tua destra me salvará. 8 O SENHOR aperfeiçoará o que me concerne; a tua benignidade, ó SENHOR, é para sempre; não desampares as obras das tuas mãos. ECLESIASTES CAPÍTULO 3 1 Tudo tem o seu tempo determinado, e há tempo para todo o propósito debaixo do céu: 2 há tempo de nascer e tempo de morrer; tempo de plantar e tempo de arrancar o que se plantou; 3 tempo de matar e tempo de curar; tempo de derribar e tempo de edificar; 4 tempo de chorar e tempo de rir; tempo de prantear e tempo de saltar; 5 tempo de espalhar pedras e tempo de ajuntar pedras; tempo de abraçar e tempo de afastar-se de abraçar; 6 tempo de buscar e tempo de perder; tempo de guardar e tempo de deitar fora; 7 tempo de rasgar e tempo de coser; tempo de estar calado e tempo de falar; 8 tempo de amar e tempo de aborrecer; tempo de guerra e tempo de paz. ISAÍAS CAPÍTULO 43 1 Mas agora, assim diz o Senhor que te criou, ó Jacó, e que te formou, ó Israel: Não temas, porque eu te remi; chamei-te pelo teu nome, tu és meu. 2 Quando passares pelas águas, eu serei contigo; quando pelos rios, eles não te submergirão; quando passares pelo fogo, não te queimarás, nem a chama arderá em ti. 3 Porque eu sou o Senhor teu Deus, o Santo de Israel, o teu Salvador; por teu resgate dei o Egito, e em teu lugar a Etiópia e Seba. 4 Visto que foste precioso aos meus olhos, e és digno de honra e eu te amo, portanto darei homens por ti, e os povos pela tua vida. JEREMIAS CAPÍTULO 29 11 Pois eu bem sei os planos que estou projetando para vós, diz o Senhor; planos de paz, e não de mal, para vos dar um futuro e uma esperança. 12 Então me invocareis, e ireis e orareis a mim, e eu vos ouvirei. 13 Buscar-me-eis, e me achareis, quando me buscardes de todo o vosso coração.

Um comentário:

dorinnha radashy disse...

oi fer. eu fico feliz em saber que vc está bem, e que as coisas andam melhorando pelomenos dentro do seu coração. realmente existem momentos em que a gente se desespera, e não sabe mais o que fazer. aqui as coisas também não estão fáceis, mas eu ando confiando que deus vai me ajudar na hora certa. beijos.