sábado, 12 de janeiro de 2013

Voltando ao blog, fim de ano triste, ansiosa, feliz.

Oie galerinha do bem.
Aqui sou eu, a autora deste blog, quanto tempo, né?
O ano ja começou, e eu deveria ter postado antes, mais primeiro eu
estava sem net, depois a fonte do meu pc deu problema.
Mais enfim, agora eu estou aqui.
Desde o meu último post a minha rotina foi aquela mesma coisa de sempre.
Fiquei em casa lendo, escrevendo e estudando pro veste que ja é próximo.
Estou ansiosa e com medo.
Espero passar, preciso passar.
Mais eu vou tentar ficar mais relaxada, não ficar tão ansiosa.
Será que eu consigo?
Não faço a mínima ideia, mais eu preciso tentar, pra ver se as coisas
fluem de uma maneira mais leve aqui dentro de mim.
Quem me conhece sabe que eu sou ansiosa em tempo integral.
Mais eu prometo tentar me controlar gente.
Depois eu ainda consegui falar um pouquinho com a Dorinha nos dias 17
and 19/12, e eu fiquei extremamente feliz com isso, só que nem deu pra
eu matar a minha saudade.
E pra piorar ainda mais, nós ficamos sem nos falarmos no dia 13/12 que é
nosso niver de amizade. Isso me deixou extremamente triste, e eu acabei
quebrando um espelho por causa disso.
Fiquei com muito ódio de tudo, e quase que meu note vai junto.
Só que eu pensei melhor e não quebrei ele.
Não dava pra quebrar, porquê senão eu ia ficar sem escrever meu livro, e
sem falar com a Dorinha.
Daí no dia 13/12 foi o dia do cego e teve o almoço anual do Braille.
Eu acabei indo la, porquê o povo insistiu demais.
Daí foi até que legal la. Eu fiquei um pouquinho estressada com uma
pessoa que nem merece ser citada aqui, mais fora isso foi tudo de boa.
Depois teve um evento na secretaria de esportes daqui, e eu acabei indo
junto com a Edite, a Valkilene e o Guilherme, (Filho da Edite).
A palestra foi um grande saco.
Uma mulher de Sp veio e falou tanta babozeira que todo mundo ja ta
careca de saber que eu quase interrompi mesmo e boa.
Depois nós 4 saímos e fomos ir ao shopping pra comer alguma coisa.
E detalhe, eu estava totalmente sem dinheiro, mais elas nem ligaram pra
isso. Simplismente pagaram o que eu comi.
Mais eu confesso que eu morri de vergonha com isso tudo, e nem queria
aceitar, mais elas insistiram tanto, que eu acabei aceitando pra não
fazer disfeita com elas.
Daí até que foi legal la, deu pra rir algumas vezes, e por alguns
minutos deu pra esquecer da tristeza que eu estava sentindo.
Mais não adiantou nada, pois depois dos sorrisos ela voltou com força
total, e eu me segurei um monte pra não chorar la no shopping, e
consegui, la eu não chorei, mais quando cheguei em casa eu chorei
mesmo, não deu pra evitar, e pra falar a verdade eu nem queria evitar.
Precisava chorar, e isso serviu como alívio pra mim.
Foi um método terapêutico, que me aliviou muito nesse dia.
Eu também fiz a minha inscrição pro programa Nossa Bolsa, que tem aqui
no Espírito Santo.
Acabei ficando na suplência, e no dia 29/01, eu preciso aguardar pra ver
se meu nome estará na nova lista que eles vão fazer.
Vou procurar ficar calma, e aguardar os próximos acontecimentos.
Meu Natal foi super tranquilo.
Fiquei em casa, e dormi antes da meia-noite.
Apesar de ser Natal, eu não estava la muito feliz não.
Ja na virada do ano teve um churrasco aqui em casa, onde se reuniram
quase todos os meus tios.
Foi super legal, e quando deu meia-noite eu fiz uma oração.
Eu sei que eu não sou perfeita, também nem tenho a pretenção de ser
sabe, mais eu precisava agradecer a Deus pelo ano que passou, que teve
suas lutas, mais também teve suas partes boas, e não da pra se esquecer
de Deus não.
Eu sei que eu fiz muito isso no ano passado, mais eu o agradeci por tudo
no final do ano, e mesmo eu sendo falha e pecadora, sei que ele me
entende.
No ano passado eu chorei demais, pareciam que as minhas lágrimas nunca teriam fim, mais eu preciso acreditar que esse ano que ta se iniciando vai ser diferente.
Eu prometo que vou tentar acreditar nisso, por mais que pareça ser quase impossível..
Por mais que pareça que tudo não terá um fim, eu preciso acreditar que vai ter um fim sim.
Só assim vai dar pra seguir em frente, sem me deixar abater pelas investidas da vida.
Essa semana eu voltei pra net graças a Deus, e isso me deixou mais
feliz.
As coisas tendem a melhorarem agora que eu voltei pra net.
Pra minha alegria eu estou falando com a Dorinha diariamente, assim como
fazíamos antes de todos esses rolos.
E não tem nada que me deixe mais feliz do que isso.
Dentro de alguns minutos nós comemoraremos mais um aniversário de
amizade, e graças a Deus que neste estaremos juntas.
Esse foi o melhor presente que eu poderia ter ganho, neste ano, que
começou pra mim de uma forma triste, mais agora está mais feliz.
Ela me fez uma falta absurda, que nem da pra ser explicada.
Só quem tem uma amizade tão linda e verdadeira que nem a nossa, pode saber como é essa sensação que eu senti.
Eu me senti meio que culpada por não ter estado com ela em tantos momentos críticos que ela viveu, só que eu acabei percebendo que eu não posso carregar essa culpa, pois ela não é minha.
Se eu fiquei longe dela, foi porquê eu estava sem meus veículos de comunicação.
Mais agora estamos juntas, pra nunca mais nos separarmos.
Eu também estou falando com a minha tia, e isso me deixa mais do que
radiante.
Ela fez uma falta absurda por aqui.
E me ajudou a entender várias e várias coisas que eu não tinha entendido antes.
Bom galerinha, eu vou ficando por aqui.
E logo eu volto.
Beeeijos a todos.
Tchalzinho.

2 comentários:

dorinnha radashy disse...

ooois fer!!!!!! ééééé, de algumas coisas eu sabia, mais de outras não. eu não sabia desse lanse do shoping, mais vc precisava mesmo ir, tava muito sozinha. e eu não sabia da sua horação. e é claro que deus te entende fer, quem não se entende, somos nós mesmos sabe. eu também não me entendo não! eheheehehh, eu fiquei mega feliz pq vc voltou pro pc, e principalmente pra minha vida. nesses dias eu me senti muito sozinha. e fiquei feliz pq vc entendeu muito bém a explicação da sua tia ontem, né? até mostrei isso aqui pra ela. e pode crer que vc vai passar sim no vest. fica calma, confia em deus e em vc que tudo da serto. beijos, e eu te amo. que venha logo dia 13.

Fernanda!!!! disse...

Oooooies minha maninha.
Obrigada pelo seu comentário.
Fiquei feliz agora.
Você sempre é a primeira a comentar e eu adoro isso.
Assim mesmo que tem que ser.
Nossa, mais vc ainda não sabia do lance do shopping, pq nem deu tempo de pôr as fofocas em dia.
Eu tava realmente sozinha, mais depois que eu voltei pra casa, daí a solidão continuou, né.
Mais agora, nada disso importa, pq eu voltei, e tenho vc, a minha maninha de novo.
Verdade, a explicação da minha tia me ajudou demais, se não fosse ela eu nem sei que eu ia fazer.
Realmente, somos nós que não nos entendemos.
Ee, obrigada pela força quanto ao veste, viu.
Se Deus quiser eu vou passar.
Preciso acreditar nas palavras q vc sempre me diz.
Verdade, que venha dia 13.
Beeeijos.
Eu também amo você!!!!