quinta-feira, 14 de junho de 2012

Minha homenagem pra Dorinha, a minha irmã, um ano de amizade.

No dia 13 de Junho de 2011 Deus me enviou um anjo, sob a forma de um ser humano.
Você trouxe luz onde era escuridão.
Trouxe calor onde era frio.
Trouxe a paz em meio a guerra.
Trouxe abrigo em meio a tempestade.
Você chegou pra meu dia alegrar.
Chegou pra que eu não pudesse mais duvidar, que existem sim pessoas em que se pode confiar.
Chegou pra que eu pudesse aprender, pra que eu pudesse crer em uma amizade.
Nossas conversas eram cercadas de afeto, que eram logo acolhidas por nossos corações.
Eu encontrei em você, tudo aquilo que eu buscava.
Encontrei uma mão pra me levantar quando necessário.
Encontrei um abraço pra aqueles momentos que eu mais preciso.
Encontrei um coração tão puro e generoso, que é capaz de me amar, sem ao menos me conhecer pessoalmente.
Encontrei em você, que seria apenas mais um contato na minha lista tudo aquilo que eu buscava.
Você foi me passando uma confiança, foi me dando seu amor, e isso tocou o meu coração.
Chegamos em setembro.
Era pra ser um mês feliz, mais foi marcado pela nossa única e pior briga, que nos custou dias de muitas lágrimas.
Chorei,  me desesperei.
Não queria imaginar que eu poderia ficar sem você.
Como me doeu imaginar que nós não iríamos mais conversar.
Como me doeu pensar, que eu ficaria sem a minha felicidade.
Eu pedi a Deus e ele me atendeu, e você voltou pra mim.
Eu não perdi a minha irmã.
Não perdi a minha melhor amiga, meu anjo sem asas.
Não perdi aquela que eu sei que posso contar sempre.
Não perdi aquela que tem sempre uma palavra, um gesto de consolo, de carinho, de amor.
Não perdi o seu amor.
Nossa amizade voltou desta briga com força total, e eu aprendi que o amor tudo suporta, pois suportou esses dias horríveis que vivemos, mais hoje está aqui de pé, pra nunca mais cair ao chão.
Hoje este amor está de pé.
Sensível como uma rosa.
Suave como uma brisa ao entardecer.
Firme como uma rocha.
Cheiroso como o mais suave perfume, que exala sua fragrância por onde quer que eu vá.
Ô Dorinha, eu não sou boa pra escrever não.
Mais eu precisava vir aqui, pra que todo mundo veja.
Pra que todo mundo saiba do que o meu coração insiste em confessar todos os dias.
Quero que todos saibam o que tu significa pra mim.
Quero que todos saibam o quanto eu preso por esta amizade.
Amizade que me fez crescer, amizade que me fez renascer, como a fênix, que renasce depois das cinzas.
Amizade que me fez enxergar um mundo novo e colorido, onde o que reina é o amor, a confiança, o carinho, a cumplicidade, o respeito.

Amizade que me ensinou o que é o amor.
Amizade que me ensinou a grandeza de um amor.
Amizade que é tão bela como uma flor.
Dizer eu te amo é muito pouco pra mim.
Se pudesse eu diria mais, faria mais.
Ô amor, que você nunca possa se esquecer que eu estoari contigo em todos os momentos da tua vida. Seja pra rir, pra chorar, pra secar as tuas lágrimas.
Enfim, estarei contigo sempre.
Você aquela que eu quero abraçar.
É aquela que eu quero conhecer.
É aquela da qual jamais vou me esquecer.
É aquela que eu quero entregar, tudo o que há de bom dentro do meu coração.
É aquela que sempre está comigo.
Esse dia 13 de junho pra mim é um dia mais que especial, pois foi neste dia que eu descobri, que eu conheci o verdadeiro amor.
Maninha, eu te amo hoje, amanhã, depois de amanhã, depois de depois de amanhã, depois de depois de depois de amanhã e pra sempre.
E mesmo que essa postagem esteja atrasada, que você nunca possa se esquecer que eu estou com você sempre, pra ser a sua maninha, a sua fer, a sua amiga, a sua leitora.
E mais uma vez.
Obrigada por cada momento passado junto contigo.
Um enorme beijo no seu coraçãozinho de anjo.
Eu te amo.
Fer.

2 comentários:

dorinnha radashy disse...

smilei chorando. smilei feliz. smilei sorrindo. oi fer, eu adorei o seu post, e ele vai pro meu diário, ta? a postagen nem ta atrasada, e ontem nós passamos um dia perfeito juntas, comemorando 1 ano de amisade, que vai se tornar 10, 100, 1000 10000.000. em fim. ele só tende a crescer, e nós estaremos juntas, até que uma das duas dê o fora do planeta. eu também te amo muito, e graças a deus que nós não brigamos mais, e continuamos aqui, grudadas que nem sardinha em lata. que a nossa amisade continue sendo tão linda como ela é, e eu te dô a certeza de q vc pode contar comigo pra sempre fer. beijo bém grandão. e um apertão no nariz. kkk eu amo vc. a sua maninha.

Fernanda!!!! disse...

Oieeeee amor.
Eu fico feliz que você gostou, ela foi feita de coração só pra ti, só pra maninha perfeita.
Ontem realmente foi um dia perfeito, eu adorei tudo.
Nós vamos ficar assim, juntinhas que nem sardinha, até a consumação dos séculos.
E la no céu seremos dois anjos em vez de sermos fer and dorinha.
Eu te amo fia, muito muito muito muito.