terça-feira, 30 de setembro de 2014

-Falando sobre meu fim de semana retrasado!

Oi gente! No fim de semana passado, aconteceu uma coisa que me deixou muito feliz! Semana passada, eu fui pela primeira vez viajar sozinha pra casa da família do meu amor! Foi um enorme passo, e eu não pensei que fosse dar ele assim. Mas graças a Deus, as coisas correram de uma forma que até eu mesma fiquei surpresa, e eu pude estar desfrutando disso tudo! No sábado, acordei super cedo, tipo 4:50 da manhã, porque meu amor pediu para que eu o acordasse. Daí eu acabei cochilando um pouco, e deixei a minha casa por volta de 7 da manhã, pois meu amor chegaria aqui as 9:00, pois ele veio me buscar, já que eu não sabia ir para lá sozinha. Daí pegamos o ônibus de 9:10, em direção a Santa Maria, e deu para conversarmos muito até lá, já que são quase 3:00 de distância. Chegamos lá quase 12:00, e quem nos recebeu foram sua irmã, e seu cunhado. Eles são super legais. Assim que chegamos em sua casa, eu fiquei tímida, quase não conseguia falar, de tão nervosa que estava. Na hora de cumprimentar seus pais então, meu Deus, eu travei, quase não falava nada! Fiquei extremamente nervosa, afinal de contas, tudo foi muito novo para mim. Mas deu tudo certo, e no decorrer do dia, eu aprendi a me locomover pela casa, que é enorme, e a noite, eu até sequei as louças que havíamos sujado. Ele lavou, e seria injusto da minha parte deixar que ele fizesse tudo sozinho! Então eu tinha que ajudá-lo. Não poderia deixar passar. Ele ficou impressionado com minha agilidade, pois mal conhecia a casa, e já fazia tudo aquilo. É que como dv desde criança, eu já me acostumei a me adaptar rapidamente aos novos ambientes. E foi o que aconteceu lá. Também deu para brincar muito com o Fred, cachorro da minha cunhada. Ele é lindo! Pequenininho e bem fofinho! Ele é terrível, me divertiu muito! No domingo, acordamos cedo, e fomos até a escola dominical da igreja Batista. Lá, conheci sua irmã mais velha e sua sobrinha de 12 anos. Depois foram feitas algumas orações e cantados alguns louvores. Depois nós fomos para o 2º andar, em uma determinada classe para a aula. A aula foi mega interessante, e já faziam longos meses que eu não ia a igreja. Estava com saudades, afinal de contas, estar na casa de Deus é tudo de bom. Eu até falei algumas coisas lá, e ao final da aula, conversei um pouco com o pastor Natan, e com sua esposa, Vick. Eles são legais, e vieram do Sul. Lá, já tinham tido contato com outra dv. Depois de conversarmos um pouco sobre a Bíblia, voltamos para a casa dos meus sogros, onde um almoço maravilhoso nos esperava. Comemos muito, e de sobremesa comi o famoso arroz doce! Perfeito! Depois meus cunhados se despediram, e nós dois ainda conversamos por um tempo, até que o momento de me despedir infelizmente chegou. Eu não quis, deu até pra quase chorar, mas eu não tive escolha. Precisei voltar para casa, mesmo sendo contra minha vontade. Peguei o ônibus de 14:20, e foi horrível me despedir dele, aliás, como sempre é. Dessa vez eu vim sozinha, pois se ele viesse me trazer, não teria como ele voltar depois. E também eu tenho que ser independente né, não posso ficar sempre dependendo dele pra me buscar e me trazer. Eu amei meu fim de semana! Não só por estar com ele, mas por poder conhecer sua família. Vou ficando por aqui gente. Qualquer coisa eu volto! Beijo!

Um comentário:

dorinnha radashy disse...

ois! ser independente é tudo de bom, ainda mais pra gente que acredita que isso jamais será possível, por conta de família, e mais uma porção de fatores. agora vc vai pegar gosto pela liberdade. te prepara.